Bebe-me
Absorve-me em doses lentas
Come as minhas palavras
Amargas ou doces
Duras
Sou apenas uma superficie interior
Da boca da minha arma
Não sou jamais lisa
Sou estriada…
Deleita-te com o meu mel
Serve-te de mim
Afunda-te comigo
E sorve-me lentamente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *